Menu Superior Horizontal

  • E
  • D
  • C
  • B
  • A

ARTIGOS

terça-feira, 26 de agosto de 2014

A DOMINAÇÃO HETERONORMATIVA


A heteronormatividade caracteriza-se pela reprodução e legitimação de maneiras de sentir, pensar e agir heterossexuais.

Refere-se a valorização do casamento heterossexual, da família monogâmica estabelecida como clássica (esquema mãe, pai, filhas/os), dos ideais de amor romântico como as únicas que devem ser vividas.

Qualquer forma de relacionamento que não seja entre homem e mulher, que não esteja assentado em casamento monogâmico é julgado como desviante, divergente e errado, por extensão gerando agressividade por não estar "de acordo" com a suposta maioria.

Um exemplo dessa heteronormatividade é quando se valoriza a vida sexual supostamente agitada de homens, relacionando positivamente essa prática com animais como garanhões, tigrões e, quando se trata de mulheres, a relação é negativa e com animais como galinha, piranha.

O desejo sexual existe em todos os gêneros, a valorização positiva do desejo sexual masculino é parte do controle e regulação da sexualidade e deve ser problematizada e combatida.

TODAS/OS DESEJAM E ISSO É BOM E NÃO APENAS OS HOMENS E HETEROSSEXUAIS.

Pense FORA DA CAIXA.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário