Menu Superior Horizontal

  • E
  • D
  • C
  • B
  • A

ARTIGOS

segunda-feira, 31 de março de 2014

PENSANDO A LEGALIZAÇÃO

A polêmica acerca da legalização / descriminalização da maconha ganha as páginas de jornais e minutos de noticiários. O nosso vizinho sul-americano está em processo de legalização. O país que encabeçou o movimento de guerra contra drogas também está nesse caminho.

No Brasil, mal se debate, parcamente se pensa sobre e é mantido um discurso de falta de condições para implementar qualquer política de legalização/descriminalização. Os argumentos usados, na maioria das vezes não se sustentam quando problematizados de maneira mais atenta.

Nos anos 1990, o grupo Planet Hemp encabeçou uma polêmica ao ser acusado de "apologista do uso de maconha" enquanto se defendia o direito a se expressar.

A falta de informação acerca do assunto e a preguiça de pensar, de problematizar, de, sociologicamente, desnaturalizar o que se profere e estranhar o que que se repete contribuem para que se estigmatize qualquer pessoa que mencione o assunto.

Há muitos usos para a cannabis, inclusive para "viagens ao subconsciente", mas também há objetivos medicinais que poucos conhecem.

Para ampliar o horizonte das reflexões, o curta metragem ILEGAL, aborda um dos usos medicinais da erva tão mal dita e traz com ele a proposta para abrir a mente e repensar.

Este link pode auxiliar na reelaboração de pensamentos:

Trinta razões para ir à Marcha da Maconha

Se após se informar e pensar sobre você ainda for contra, então pelo menos terá argumentos sólidos (espero) para fundamentar sua negativa.

Pense FORA DA CAIXA.


Reações:

0 comentários:

Postar um comentário