Menu Superior Horizontal

  • E
  • D
  • C
  • B
  • A

ARTIGOS

quinta-feira, 6 de junho de 2013

AOS MEUS ALUNOS E ALUNAS E SEUS PAIS E MÃES: ESCLARECIMENTOS SOBRE A GREVE

Professorxs das escolas particulares estamos em greve. Estamos? É, estamos. Se você é estudante, talvez estranhe essa notícia. Por que algumas de suas professoras e professores darão aula? Por que não pararão as atividades? 

Algumas considerações sobre a greve:

1. É SEMPRE A ÚLTIMA OPÇÃO DOS TRABALHADORES.
Quando todas as tentativas de negociação entre patrões e empregados não atinge a conciliação entre os interesses patronais e reivindicações trabalhistas, a greve é iniciada.

2. É SEMPRE DECIDIDA EM ASSEMBLEIA.
Não são os diretores de sindicatos que decidem fazer greve, são xs professorxs reunidxs em assembleia que o fazem.

3. TODXS PROFESSORXS SÃO OBRIGADXS A FAZER GREVE?
NÃO. A greve é em prol da coletividade, mas a adesão é individual.

4. POR QUE TEM PROFESSORXS QUE NÃO FAZEM GREVE?
Por vários motivos, os mais comuns são:

                               a. MEDO. Contas a pagar, famílias para sustentar são consideradas amarras para muitxs professorxs e, temendo não ter condições de garantir o sustento próprio e dos familiares, não aderem ao movimento;

                                b. CRENÇA QUE O EMPREGO É UM PRESENTE DOS DONOS DA ESCOLA. Alguns professrxs acreditam que a manutenção do emprego é um favor feito pelos patrões, desconsiderando que é enquanto for útil para a instituição que seu emprego é mantido. Entenda útil como: cumpre suas obrigações, não falta (mesmo adoecendo ou tendo alguém da família doente), participa das atividades da instituição...

                               c. CRENÇA QUE NÃO FAZENDO GREVE NÃO SERÃO DEMITIDXS. Muitxs acreditam que não serão demitidxs se não reivindicarem seus direitos, o que se revela um erro, pois muitas demissões ocorreram e ocorrem e ocorrerão mesmo sem adesão ao movimento grevista (como mencionado no tópico acima);

A greve é, com certeza, nossa última opção. Todxs que têm aula comigo sabem que defendo a Discórdia, que é, em nossas aulas, o motivo agregador, instigador do debate. Digo para todxs que A DIFERENÇA É NATURAL MAS, A DESIGUALDADE É SOCIAL, LOGO, CONSTRUÍDA A PARTIR DE DETERMINADOS INTERESSES.

NÃO FAÇO GREVE COM O INTUITO DE PREJUDICAR VOCÊS, ESTUDANTES, mas não posso afirmar em sala de aula que podemos mudar o mundo, torná-lo menos desigual e não fazer parte do movimento que garantirá melhores condições de vida para mim e, por extensão, melhor educação para vocês.

O que reivindicamos:


A gente muda o mundo na mudança da mente
E quando a mente muda a gente anda pra frente
E quando a gente manda ninguém manda na gente!
Na mudança de atitude não há mal que não se mude nem doença sem cura
Na mudança de postura a gente fica mais seguro
Na mudança do presente a gente molda o futuro!


MUDE. AJA.

Tenha HISTÓRIA NA CABEÇA.



                               

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário